Domingo, 21 Janeiro 2018

A Prefeitura lançará, no início da próxima semana, o primeiro edital de licitação para as obras de remodelação do viário da entrada da Cidade. Serão R$ 36 milhões para a pavimentação e calçadas nas avenidas Martins Fontes, Nossa Senhora de Fátima e Jovino de Mello, além de vias no Bom Retiro, Rádio Clube, Castelo, Areia Branca e São Manoel.

A previsão é de que a obra, que tem financiamento pela Caixa Econômica Federal, seja iniciada nos primeiros meses de 2016.Ao todo, cerca de 18 km de vias serão contemplados nessa primeira etapa do projeto municipal. Nesses locais serão implementadas obras de revitalização, com instalação de corredores de ônibus, abrigos, calçadas com rampas para garantir acessibilidade, além de sinalização semafórica aérea e terrestre, aterramento da fiação área de alguns trechos e instalação de mobiliário urbano, como totens e lixeiras.

Suporte

“São obras de retaguarda para que a região receba intervenções mais complexas, como o viaduto da Martins Fontes e a ponte do Rio São Jorge, que ligará os bairros Chico de Paula e Bom Retiro ao São Manoel, com acesso à Via Anchieta”, explica o arquiteto Wagner Ramos, gestor de projetos estratégicos, apontando que a construção desses equipamentos está prevista para a segunda fase do projeto municipal.

Essa etapa inicial, de acordo com Ramos, terá funcionalidade independente da execução das próximas etapas e das obras viárias a cargo dos governos estadual e federal, beneficiando cerca de 120 mil pessoas que acessam a Zona Noroeste. Além disso, a revisão do projeto inicial por arquitetos e engenheiros da Prefeitura, com suporte de técnicos da Caixa Econômica Federal, possibilitou a redução do custo das obras.

                                                                                            

Segundo edital para troca de iluminação pública

Até o final do mês, um segundo edital contemplará a troca da iluminação pública por LED em todas as vias onde forem realizadas obras. Terá valor de R$ 4,7 milhões, com prazo de execução de quatro meses.  

A mudança tem como objetivo ampliar a eficácia da iluminação pelo uso da nova tecnologia, garantido segurança a moradores e pedestres.

SAIBA MAIS

Resultado de uma revisão da proposta inicial (realizado em conjunto com a União e o Estado), o novo projeto municipal foi planejado para ser executado em etapas. A proposta é melhorar o fluxo na entrada da Cidade, oferecendo rotas alternativas para acesso ao Município e as rodovias que levam à Capital.

Conjunto de obras contempla as construções de um viaduto, uma ponte e uma avenida, além da criação de corredores de ônibus e a requalificação de várias vias. Ao todo, serão investidos R$ 290 milhões, verba do PAC por meio programa PROTransporte, com financiamento já aprovado junto à Caixa Econômica Federal.

 b_250_120_16777215_00_images_Screen_Shot_2015-10-02_at_4.14.14_PM.png