Domingo, 25 Fevereiro 2018

b_250_120_16777215_00_images_famosos_223378_36.jpg

O assessor dela ainda informou que apenas a mãe da repórter tem contato com ela
Andressa Urach já saiu da fase de risco extremo, mas ela ainda segue internada na UTI do hospital Conceição, onde está internada em Porto Alegre, sem previsão de alta.

Cacau Oliver, assessor da repórter da Rede TV!, divulgou um comunicado à imprensa nesta segunda-feira (08), informando sobre o estado de saúde de Andressa. Seguindo uma recuperação lenta, ele ainda disse que apenas a mãe dela é que tem contato com a loira.

"Em contato com a mãe da assessorada Andressa Urach temos a informação que 'Andressa está se recuperando lentamente e de acordo com o hospital sem previsão de alta da UTI'. Queremos deixar claro que Andressa não tem contato algum com outras pessoas, apenas sua mãe a acompanha. Entendemos que o momento é extremamente delicado e respeitamos ao máximo este processo de recuperação da apresentadora", dizia o comunicado. Como não há mudanças em seu estado de saúde, o hospital parou de divulgar boletins médicos oficiais.

Entenda o Caso:

Andressa Urach começou a ter problemas nas pernas há cinco meses, quando começou os procedimentos para retirar os produtos que tinha aplicado para deixar as coxas musculosas. Após uma semana, ela teve febre, dores e infecção, sendo admitida em um hospital de São Paulo, onde passou dois dias. Em entrevistas na época, a repórter revelou que não disse ao médico que tinha colocado não só hidrogel como também PMMA, um outro produto injetável usado para preenchimentos.

No final de novembro, ela marcou uma nova intervenção para a retirada dos produtos em uma clínica de Porto Alegre. Após se queixar de dores e desconforto, ela foi admitida em um hospital da capital gaúcha, onde foi diagnosticada com uma inflamação severa, no sábado (29), resultado de complicações dessa primeira operação.

Desde então, Andressa passou por várias cirurgias para a retirada dos produtos, mas a inflamação se agravou e ela acabou entrando em sepse, quando a bactéria sai do ponto de origem e percorre todo o corpo. Após vários dias sedada na UTI do hospital, ela acordou e começou um processo lento de recuperação.

O hidrogel, assim como o PMMA, é constituído de poliamida sintética e solução fisiológica e injetado na região onde a mulher quer aumentar. A aplicação do produto é perigosa e a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica não recomenda a utilização desse tipo de material para procedimentos estéticos.

Fonte:http://www.ofuxico.com.br/noticias-sobre-famosos/sem-previsao-de-alta-da-uti-andressa-urach-se-recupera-lentamente/2014/12/08-223378.html