Sábado, 20 Janeiro 2018

Leia mais...

Fotos de 'serial killer' no Facebook podem ajudar polícia a traçar perfil.
Vítima será enterrada nesta segunda-feira (24), em Cananéia, SP.
Suspeito de ter matado Thomas Sanches, de 30 anos, Gleydson Morgray impressionou a polícia pela frieza com a qual contou a forma como esquartejou a vítima. Além disso, o perfil de Gleydson em uma rede social aponta características que deixaram a investigação intrigada, sobre o crime que foi descoberto no sábado (22), em Cananéia, no interior de São Paulo. A conta dele no Facebook apresenta várias fotos de mulheres nuas.
No entanto, de acordo com a polícia, a primeira hipótese levantada é de que ambos mantiveram um relacionamento homoafetivo.
Além disso, na mesma rede social, Gleydson também se mostra um fã da série televisiva norte-americana 'Dexter', que mostra um assassino em série que mata fugitivos da polícia. O suspeito demonstra ainda ser interessado em filmes de terror. Todas essas informações também podem ajudar a polícia a traçar um perfil do comportamento de Gleydson.

Segundo pessoas próximas à vítima, na madrugada de sexta-feira (21), Thomas conversava com Gleydson e um grupo de amigos, em uma praça no centro de Cananéia. Em um dado momento, os dois saíram juntos e Thomas se despediu, dizendo que não o esperassem.

O velório da vítima foi realizado neste domingo (23) e o seu enterro está marcado para a manhã desta segunda-feira (24), no Cemitério Municipal de Cananéia.
Suspeito e vítima tiraram foto juntos
O homem suspeito de ter matado e esquartejado um rapaz em Cananéia, no Vale do Ribeira, interior de São Paulo, tirou uma foto junto com a vítima momentos antes de se afastar com ela do grupo de amigos com quem conversavam. A imagem foi registrada na madrugada de quinta (20) para sexta-feira (21), última vez que Thomas Sanches, de 30 anos, foi visto com vida. Seu corpo foi encontrado esquartejado neste sábado (22), em frente a um hotel da cidade. O suspeito pelo crime, Gleydson Morgray, está preso. A polícia suspeita que eles tiveram um relacionamento homoafetivo.
Os colegas estranharam o sumiço de Thomas e a família já vinha tentando encontrá-lo desde então, mas sem sucesso. No entanto, na manhã de sábado, um amigo de Thomas acionou a Polícia Militar e foi com as autoridades até a casa de Gleydson. No local, foi encontrado um lençol coberto de sangue. O suspeito ainda tentou fugir, mas foi detido e acabou confessando o crime. O corpo foi localizado pela polícia em frente a um hotel na Avenida Independência.
Gleydson não era muito conhecido em Cananéia, pois tinha se mudado apenas há três meses para o município, vindo de Guarulhos, na Grande São Paulo. A polícia destaca que ele não possuía antecedentes criminais. O caso segue sendo investigado pela equipe da Delegacia Sede de Cananéia.

(Foto: Divulgação/Polícia Militar)

Fonte:http://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2014/11/policia-investiga-perfil-de-homem-que-tirou-foto-antes-de-esquartejar-vitima.html

Leia mais...

'Hemostase II' prendeu 33 pessoas em BH, durante a realização de prova.
Investigação também ocorre em Teófilo Otoni (MG) e no Guarujá (SP).Uma quadrilha suspeita de venda de vagas em vestibulares foi presa em Belo Horizonte, conforme informou a Polícia Civil nesta segunda-feira (24). De acordo com a corporação, 33 pessoas foram detidas neste domingo (23), durante a realização do processo seletivo na Faculdade de Ciências Médicas, na capital mineira. Nesta manhã, equipes de investigadores fazem diligências em outras duas cidades de Minas e São Paulo.
Segundo a Polícia Civil, o trabalho de investigação já durava sete meses e desbaratou a organização criminosa especializada em fraudar vestibulares de medicina e o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), especialmente com a venda de vagas a um custo que variava de R$ 70 mil a R$ 200 mil.

A operação, batizada de Hemostase II, tem a participação do Ministério Público de Minas Gerais. Os detidos foram conduzidos para a sede uma promotoria em Belo Horizonte, no bairro Santo Agostinho, na Região Centro-Sul, onde prestam depoimento desde a madrugada desta segunda (24).
A polícia informou que o grupo detido inclui 11 integrantes da quadrilha e 22 candidatos que faziam a prova. A investigação aponta que a quadrilha era chefiada por dois mineiros. Um policial civil de Governador Valadares, na Região Leste de MG, também está preso.

Apreensões foram feitas em Teófilo Otoni, no Vale do Jequitinhonha, e no Guarujá, no litoral paulista. Segundo a Polícia Civil, os itens são carros de luxo, dinheiro e documentos comprobatórios da fraude, como gabaritos de provas da quadrilha. A quantidade ainda não foi divulgada.

A polícia detalhou o modo como o grupo agia. Na fraude, pessoas faziam parte das provas rapidamente, saiam com os resultados das questões e repassavam para os candidatos compradores das vagas por meio de transmissão eletrônica. Os equipamentos incluíam micropontos eletrônicos e um moderno sistema de transmissão de dados, que teria sido adquirido por 200 mil dólares.

O Superintendente de Investigação e Polícia Judiciária, delegado Jeferson Botelho, deve dar novas informações sobre o caso em coletiva, ainda nesta segunda-feira (24), em Teófilo Otoni.

A Faculdade de Ciências Médicas afirmou que, ao ser informada da suspeita pela Polícia Civil, deu abertura para que a investigação prosseguisse. Ainda segundo a instituição, desde o início do processo seletivo neste domingo (23), havia policiais no campus e houve empenho para manter a integridade do vestibular. A faculdade afirma também que, até o momento, não houve prejuízo para o processo seletivo, não havendo motivo para o cancelamento. Os candidatos já identificados pela polícia vão ser excluídos, conforme previsão edital.
Hemostase I
Em dezembro de 2013, durante a Operação Hemostase I, a Polícia Civil já havia desarticulado uma quadrilha que fraudava vestibulares de medicina em instituições particulares. Na ocasião, 21 suspeitos – entre estudantes, médicos e empresários – foram presos e tiveram os bens bloqueados. Ao todo, segundo a corporação, 36 pessoas foram indiciadas. Como na época foram levantados indícios de fraude no Enem, o caso foi repassado para a Polícia Federal.

Fonte:http://g1.globo.com/minas-gerais/noticia/2014/11/policia-em-mg-prende-quadrilha-suspeita-de-fraudar-vestibulares.html 

(Foto:Alex Araújo/G1)

 

 

Leia mais...

Escolas públicas e particulares participaram de viagem monitorada.
Percurso tem um total de 2km de extensão.
Diversos estudantes de escolas públicas e particulares de São Vicente, no litoral de São Paulo, realizaram uma viagem monitorada no Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) na tarde desta terça-feira (18).
O percurso, que tem um total de 2 km, começa na estação Emmerich, vai até a estação Mascarenhas e volta ao ponto de partida. O veículo é elétrico e por esse fator não polui o meio ambiente.
Para a estudante Yohanna Toledo de Araujo, o VLT é uma ótima solução para o transporte público. "É uma alternativa muito boa para a cidade. Agora teremos um novo meio de locomoção entre os municípios", afirma Yohanna.
Já para professora Cibele Schmidtke Silva, a região será beneficiada com o Veículo Leve Sobre Trilhos. "A Baixada Santista vive um momento inovador. O VLT facilitará a vida de muita gente", diz.

Fonte:

http://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2014/11/estudantes-e-professores-de-sao-vicente-participam-de-viagem-no-vlt.html

Leia mais...

Espaço será pólo de difusão da cultura afro-brasileira.
Local será reinaugurado, com o novo nome, em janeiro de 2015.
O Museu dos Escravos de São Vicente irá receber uma nova nomenclatura, escolhida por representantes de vários segmentos da Comunidade Negra da cidade do litoral de São Paulo, na roda de conversa sobre futuras atividades no local. O espaço passará a se chamar 'Casa da Cultura Afro-Brasileira - Memorial ao Escravizado'.
O espaço será transformado em um pólo de difusão da cultura afro-brasileira. A ideia da Secretaria de Cultura do município é manter acesa na memória do povo brasileiro a história de tantas pessoas que trabalharam na construção do país, oriundas do continente africano, e que formaram boa parte da identidade cultural brasileira.

O espaço, localizado no Parque Ecológico do Voturuá, será reinaugurado, já com o novo nome, em janeiro de 2015, em meio às comemorações pelo aniversário de São Vicente.
A casa irá conter um acervo permanente do escultor Geraldo Albertini, que tem as paredes do local e mais 135 peças em barro e madeira como referência, o novo modelo de utilização - que será apresentado por edital de chamada pública - prevê a participação de entidades e movimentos culturais.

As obras de recuperação do local estão em fase final. O telhado foi adequado para evitar infiltrações, foi criado um deck e as paredes com figuras em relevo foram restauradas, entre outras intervenções.

Leia mais...

Casal foi parado por criminosos na rodovia Anchieta e mulher foi atingida.
Mesmo ferida, vítima dirigiu até encontrar uma viatura da polícia na rodovia.
Uma mulher foi baleada após tentar fugir de criminosos que estavam assaltando motoristas na rodovia Anchieta, na noite deste domingo (16), na altura de Cubatão (SP). Ela foi socorrida e permanece internada na Santa Casa de Santos.

O marido da vítima, que prefere não se identificar, conta que eles estavam voltando de uma festa em Tatuí, no interior de São Paulo, pela via Anchieta. Três homens, sendo um deles armado, bloquearam parte da rodovia com dois carros para poderem assaltar os motoristas.
O marido da vítima conta que avistou o perigo e pediu para a esposa, que estava dirigindo o carro, entrar no acostamento e acelerar o veículo. Quando o carro passou pelos assaltantes, um deles disparou em direção ao casal. A mulher foi atingida na mão. Ela continuou dirigindo o carro até eles encontrarem uma viatura policial. A mulher foi encaminhada para a Santa Casa de Santos, onde permanece internada.
O carro do casal ficou com as marcas de sangue após o episódio. O marido da vítima diz que está muito assustado, já que utiliza a rodovia Anchieta pelo menos duas vezes por semana para chegar ao trabalho.
Outro crime
Por volta das 4h desta segunda-feira (17), um motorista foi abordado por um criminoso na avenida Adhemar de Barros, próximo a fila da balsa, em Guarujá, também no litoral de São Paulo. O criminoso anunciou o assalto e acabou atirando contra a vítima. O motorista foi socorrido para o Hospital Santo Amaro. O estado de saúde da vítima não foi divulgado pelo hospital.

Fonte:

http://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2014/11/mulher-e-baleada-ao-tentar-fugir-de-assaltantes-na-rodovia-anchieta.html