Domingo, 21 Janeiro 2018

O feriadão está chegando!!! Você está sem dinheiro para ir ao salão ou não tem tempo de ir à loja de cosméticos?

Vamos e dar dicas que vão te ajudar bastante!

Dica 1:

Na maioria das vezes em que as mulheres vão pintar as unhas sempre ficam na dúvida de que esmalte escolher, na maioria das vezes dentre aqueles que têm em casa não encontram a cor ideal.  Então com essa dica você poderá ter a cor de esmalte que quiser.

Pra isso vai ser preciso:

Base de unha

Sombra para olhos

1 espátula

1 recipiente

Como fazer:

O recipiente será necessário somente se ao for fazer o vidro todo da base ou se for fazer o teste d cor.

Primeiro com a espátula na sombra escolhida na cor de sua preferência, retire a quantidade que você achar necessário pra chegar até o tom escolhido, e misture com a base até chegar na tonalidade escolhida.

Pronto! Agora é só pintar as unhas.

 

Dica 2:

Esfoliante caseiro

Ingredientes:

1 colher de sopa bem cheia de mel  (caso não tenha mel em casa pode ser substituído por creme hidratante ou até mesmo água )

2 colheres de sopa de açúcar

Misture e com o rosto limpo passe no rosto, ou na parte do corpo desejada, fazendo movimentos circulares e depois é só enxaguar.

Dica 3:

Comprou aquele batom e acha que ele ficou muito escuro? Aplique o batom normalmente e depois passe uma camada de base, ela vai fazer com que ele fique um pouco mais opaco e vai deixar ele mais claro.

Dica 4:

O seu cabelo está oleoso e não vai dar tempo de lavar, então passe um pouco de talco e passe a escova para disfarçar o branco. A dica serve pra você que fez escova no cabelo e quer fazer com que ela dure um pouco mais, caso o talco seja perfumado ajuda a dar um cheiro agradável para o cabelo.

Dica 5:

Faça você mesmo a cor de batom que você deseja.

Primeiro passe uma base para que afixação seja maior, depois passe manteiga de cacau e por último aplique com um pincel a sombra de sua preferência e está pronto.

imagem retirada do site www.garotabella.com

Leia mais...

Sobrancelhas Fio a Fio: o que é, quem deve fazer e todas as dicas!
Quando as sobrancelhas apresentam imperfeições leves, os conhecidos truques de maquiagem ajudam a corrigir e disfarçar e, normalmente, são suficientes. Contudo, em muitos casos as falhas são mais graves, e uma excelente alternativa é a Maquiagem Definitiva. Ela resolve o problema estético, e é muito prática para quem não quer ficar perdendo tempo todos os dias cuidando das sobrancelhas!

Técnica de desenho de sobrancelhas, que tem como principal proposta trabalhar fio a fio do local, com diferentes tons de pigmentos, para que o contorno fique o mais natural possível. O melhor é que, com a técnica, não há aquele aspecto artificial, que pesa no rosto e deixa a aparência cansada e até mesmo com aspecto estranho.

Leia mais...

Leia mais...

O contorno dos olhos é uma área muito sensível do nosso rosto e sente os efeitos do tempo e dos nossos constantes gestos, o que acarreta no aparecimento das linhas de expressão. Conhecidas como “pés de galinha”, estas rugas aparecem com a exposição ao frio, a falta de hidratação, noites mal dormidas, o sol e o passar dos anos.

Existem alguns cremes caseiros que podem ajudar a melhorar o aspecto das linhas de expressão no contorno dos olhos. Confira a seguir:
Creme de babosa e óleo de semente de uva
O óleo de semente de uva é um ótimo ingrediente para retardar o envelhecimento da pele e o seu efeito é potencializado junto à babosa. Confira a receita a seguir:

Ingredientes:

– Uma colher de sopa de babosa;
– Duas gotas do óleo de sementes de uva;
– Uma colher de sopa de cera de abelha.

Modo de preparo:

Misture bem todos os ingredientes em uma panela pequena e deixe repousar. A receita servirá para vários dias, pois basta utilizar algumas gotinhas na área do contorno dos olhos, fazendo uma massagem antes de dormir.

Máscara de cenoura e óleo de girassol
Ingredientes:

– Uma cenoura grande;
– Uma colher de óleo de girassol.

Modo de preparo:

Em um liquidificador, adicione a cenoura descascada e cortada em pedaços. Depois acrescente a colher de óleo de girassol e bata até obter uma pasta. Aplique a pasta em movimentos circulares ao redor dos olhos e deixe agir por 10 ou 15 minutos antes de removê-la com água.
Creme de azeite de oliva e manteiga de cacau
Para preparar este creme, basta derreter uma colher de sopa da manteiga de cacau e acrescentar umas gotinhas de azeite de oliva. Aplique no contorno dos olhos fazendo uma pequena massagem. Você poderá usar esta quantidade de creme para uns três dias.

Chá verde
Junto ao frio, o chá verde pode ajudar a descongestionar a região do contorno dos olhos. Para aproveitar os benefícios do chá verde, basta umedecer dois saquinhos de chá e congelá-los. Depois de congelados, retire-os e, quando começarem a descongelar, coloque-os sobre os olhos.

O chá verde também pode ser usado junto com iogurte branco para ser utilizado naqueles dias em que acordamos com os olhos inchados e com olheiras. Para preparar o creme, basta fazer a infusão de chá verde com meio copo de água e, depois de pronto, acrescentar duas colheres de iogurte branco e misturar bem. Coloque na geladeira para esfriar e depois aplique na área do contorno dos olhos.

Foto: Reprodução

Fonte:http://www.remedio-caseiro.com/cremes-caseiros-para-o-contorno-dos-olhos/

Leia mais...

A doença também pode atingir o intestino e outras áreas fora da região inferior do abdômen
Quando uma mulher apresenta sintomas gastrointestinais, como constipação, cólica aguda e diarreia, ela pode estar com um tipo de endometriose cujo alcance vai além da área pélvica (região do abdômen). É a chamada endometriose intestinal.

Neste tipo de endometriose, doença que ocorre apenas nas mulheres, a inflamação decorrente do acúmulo de tecido vindo do útero atinge o intestino, conforme afirma Rubens Gonçalves Filho, ginecologista e obstetra do Hospital e Maternidade São Luiz Itaim.

— Quando a mulher menstrua, parte das células do endométrio é eliminada na menstruação. No entanto, em alguns casos, essas células migram para outras partes do corpo formando nódulos, resultando na endometriose.
Ao atingir o intestino, o médico afirma que a doença também pode provocar dores e distensões abdominais relacionadas ao período menstrual e, em casos mais graves, sangramentos retais e obstruções intestinais.

— A endometriose intestinal pode ser tratada com medicamentos ou cirurgia. Dependendo da gravidade é necessário cauterizar o local afetado do intestino ou até remover a parte do órgão doente”, explica o especialista.

Em geral, segundo o especialista, a endometriose acomente de 10% a 15% das mulheres em idade fértil, sendo mais frequente na faixa-etária dos 30 aos 40 anos. O peritônio, membrana que envolve a face interna do abdômen, é a região mais afetada pela doença, seguido pelo ovário, bexiga e intestino.

Outro prejuízo ocasionado que pode ser ocasionado pela doença, independentemente da região da inflamação, é a infertilidade. De acordo com o ginecologista, metade das mulheres diagnosticadas com endometriose apresentam problemas para engravidar devido a falhas na ovulação, obstrução das trompas e entre outros fatores.

— O diagnóstico precoce da endometriose é fundamental para reverter o quadro. Mulheres com dores pélvicas e abdominais frequentes ou com piora ao longo do tempo, relacionadas ou não ao período fértil, devem ficar atentas e procurar ajuda médica.

Outros sintomas que merecem atenção, em qualquer local em que ocorre a doença, são as cólicas menstruais intensas e dor durante as relações sexuais. A consulta a um ginecologista é fundamental para o diagnóstico da doença e orientação sobre o tratamento.

Reprodução/Facebook

Fonte:http://noticias.r7.com/saude/colicas-diarreia-e-dor-na-relacao-sexual-podem-ser-sinais-de-endometriose-27022015

Leia mais...

Nível mais baixo de mortalidade corresponde a sete horas de sono
Pesquisas sobre o sono sugerem que dormir oito horas por noite pode fazer mal à saúde.

Gregg Jacobs, especialista do Centro de Transtornos do Sono da Faculdade de Medicina da Universidade de Massachusetts, nos Estados Unidos, afirma que estudos dos últimos dez anos indicam que este não é o tempo ideal de sono para se manter saudável.

— Houve cerca de 34 pesquisas — estudos epidemiológicos que acompanham as pessoas durante um tempo, envolvendo mais de dois milhões de pessoas, e que mostram de forma consistente que há uma relação entre duração do sono e mortalidade.

Segundo Jacobs, o nível mais baixo de mortalidade corresponde a sete horas de sono.

— Então, quando você dorme menos do que sete horas ou mais do que sete, há um aumento gradual no risco de mortalidade, com pessoas que dormem mais mostrando um aumento maior no risco do que as pessoas que dormem menos.

Para Jacobs, sete horas de sono é a quantidade perfeita. Menos do que isso significa que a pessoa tem mais chances de morrer mais cedo e mais do que isso significa que as chances de morrer mais cedo são ainda maiores.
De seis a oito?

No entanto, outro especialista em sono, Frank Cappuccio, professor de medicina cardiovascular e epidemiologia na Universidade de Warwick, na Grã-Bretanha, afirma que, quando se fala em sono, deveríamos pensar em um tempo que varia entre seis e oito horas como o ideal. E que medir o sono com precisão pode ser problemático.

— Nossa tendência é contar com métodos muito simples, como perguntar às pessoas quantas horas elas dormem por noite, em média.

Mas, segundo Cappuccio, as pessoas não relatam com exatidão quanto tempo elas dormem.

Contar com o depoimento das pessoas transforma os estudos do sono em uma ciência inexata pois, aparentemente, temos uma tendência a superestimar nosso tempo de sono.

Para especialista de universidade britânica, se uma pessoa acredita que dorme entre seis e oito horas, não há problema

Mesmo com tanta falta de precisão, Cappuccio diz que, se uma pessoa acredita que dorme entre seis e oito horas por noite, não há com o que se preocupar.

Falta e excesso

Uma pessoa que dorme mais ou menos do que um período entre seis e oito horas por noite aparentemente apresenta mais risco de desenvolver problemas como pressão alta, diabetes e complicações cardiovasculares.

— Se você dorme mais do que oito horas ou menos do que seis, você tem um grande aumento do que estimamos ser o risco de desenvolver estes problemas ou morrer mais cedo.

Uma análise de voluntários que participaram de um estudo sobre o sono descobriu um aumento de 12% de mortes entre os que dormiram menos, comparado com os que dormiam entre seis e oito horas.

E, quando os pesquisadores analisaram os que dormiam mais do que isto, descobriram um aumento de 30% das mortes em comparação com as pessoas que dormiam entre seis e oito horas.

Sete horas

Cientistas afirmam que as pessoas superestimam o tempo de sono

Apesar das provas de que as pessoas não são testemunhas confiáveis do próprio sono, Gregg Jacobs afirma que é possível ter uma ideia de qual o tempo de sono ideal.

— Toda primavera nos Estados Unidos a Fundação Nacional do Sono pesquisa entre milhares de adultos em uma amostragem científica aleatória e eles descobrem coisas interessantes: que o adulto típico de hoje relata sete horas de sono e que, na verdade, parece ser esta a duração média do sono na população adulta mundial.

Para Jacobs, talvez as sete horas de sono sejam algo mais natural para o cérebro.

O cientista afirma que as pesquisas indicam que a maioria dos adultos ainda diz que se sente descansado e com energia depois deste tempo de sono e apenas 5% afirmam que se sentem sonolentos diariamente.

— Há algo a respeito das sete horas de sono que parece ser o número ideal em termos do que as pessoas conseguem [dormir) naturalmente e o que observamos em termos de saúde ideal, em termos dos níveis de mortalidade mais baixos. Então, a resposta de sete horas de sono aparece muitas vezes.

Getty Images

Fonte: http://noticias.r7.com/saude/dormir-demais-e-mais-prejudicial-a-saude-do-que-dormir-de-menos-dizem-estudos-25022015