Sábado, 20 Janeiro 2018

b_250_120_16777215_00_images_turismo_eiffel.jpg

País atraiu 85 milhões de visitantes apesar de situação econômica delicada.
EUA e Espanha ficaram em 2° e 3° lugar; Brasil recebeu cerca de 6 milhões.
A França foi o destino turístico mais visitado do mundo em 2013, seguido pelos EUA e pela Espanha, afirma um estudo divulgado nesta terça-feira (12) por um organismo ligado ao Ministério da Economia da França a partir de dados da Organização Mundial do Turismo (OMT).
Apesar da situação delicada de sua economia, a França atraiu quase 84,7 milhões de visitantes no ano passado -- 14 vezes mais do que o Brasil, que recebeu pouco mais de 6 milhões de turistas no mesmo período.
Os Estados Unidos, que ocupam a segunda posição no ranking, receberam 69,8 milhões de turistas em 2013, um número superior ao registrado em 2012 (67 milhões).
Já a Espanha conseguiu tomar o terceiro posto alcançado pela China em 2012 e fechou o ano com 60,7 milhões de turistas, um número recorde que supera a marca de 2007, quando o país recebeu 58,6 milhões.
Na lista por regiões, o continente europeu foi zona geográfica com maior número de visitantes internacionais, segundo a agência Efe, com um total de 563 milhões de pessoas, 29 milhões a mais que em 2012.
Em nível global, o ano 2013 fechou com um total de 1,087 bilhão de turistas internacionais -- um número 5% acima do obtido em 2012, 1.035 bilhão, de acordo com os dados da OMT, que prevê um crescimento de entre 4% e 4,5% para 2014.
Apesar do cenário econômico ruim, a França manteve sua posição como principal destino turístico do mundo e registrou um aumento de 2% na chegada de visitantes em relação ao ano anterior, segundo as agências Reuters e Efe. Os números foram turbinados pelo aumento do interesse dos chineses no país e pela volta dos turistas norte-americanos. O número de chineses visitando a França disparou 23,4% e o de turistas da Índia, 15,7%, totalizando 4,5 milhões de visitantes da Ásia.
Os turistas escolheram passar um total de quase 600 milhões de noites na França no ano passado, um aumento de 4,6% ante 2012. A duração média de suas estadias -- de cerca de 7 dias -- foi 2,5% maior do que no ano anterior. Estimativas do governo colocam que a contribuição do turismo representa 6,5% do PIB nacional.
Visitantes da América do Norte -- cujo número caiu dramaticamente durante a crise financeira global -- continuaram a voltar, mostrando um aumento de 5,8% ano a ano, para 4,2 milhões de visitantes.
Se os turistas da França constituíssem seu próprio país, ele seria o mais populoso da Europa com uma margem de vários milhões. Com praias no Mediterrâneo e montanhas para esqui, além do rico legado arquitetônico e de atrações que vão desde o castelo de Versalhes até a Euro Disney, a França tornou-se ainda mais popular no último ano, com uma alta de 2% nos visitantes frente a 2012.
No fim de junho, o governo do presidente François Hollande considerou um grande aumento no imposto sobre o turismo para ajudar as finanças do governo, o qual luta para reduzir o déficit público e colocá-lo dentro da meta da União Europeia.
O plano, no entanto, foi descartado em julho, após violentos protestos de autoridades locais e operadoras de hotéis, que disseram que tal aumento mataria a demanda no começo do verão do hemisfério norte, estação que atrai bastante turismo.
Os países que mais receberam turistas estrangeiros em 2013
1° - França - 84,7 milhões de visitantes
2° - Estados Unidos - 69,8 milhões
3° - Espanha - 60,7 milhões
4° - China - 55,7 milhões
5° - Itália - 47,7 milhões
6° - Turquia - 37,8 milhões
7° - Alemanha - 31,5 milhões
8° - Reino Unido - 31,2 milhões
9° - Rússia - 28,4 milhões
10° - Tailândia - 26,5 milhões

As regiões do mundo com maior número de turistas em 2013
1° - Europa- 563,4 milhões de visitantes
2° - Ásia e Pacífico - 248,1 milhões
3° - Américas - 167,9 milhões
4° - África- 55,8 milhões
5° - Oriente Médio - 51,6 milhões